Sou um participante no programa de Mobilidade Erasmus+

Questões relacionadas com o nome de utilizador/palavra-passe

  1. Não recebi o meu nome de utilizador/palavra-passe. O que devo fazer?
      Se foi selecionado para participar numa atividade de mobilidade Erasmus+, deverá ter recebido um e-mail de convite da sua instituição/organização de envio, com o seu nome de utilizador e a palavra-passe, para aceder ao teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. Só a sua instituição/organização de envio lhe pode enviar estes dados de login para aceder ao teste de avaliação linguística.
      Se não recebeu este e-mail de convite, consulte a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada ou contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).

      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Esqueci-me do meu nome de utilizador/palavra-passe. O que devo fazer?

      A forma mais rápida de redefinir a sua palavra-passe é utilizar a opção “Esqueci-me da palavra-passe” no nosso site. Em seguida, receberá um e-mail que lhe permitirá redefinir a sua palavra-passe. Certifique-se de que este e-mail não foi enviado para a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada.

      O seu nome de utilizador é o seu endereço de e-mail completo para onde a sua instituição/organização de envio enviou o convite inicial para participar no teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. Porque é que não consigo fazer login, se o meu nome de utilizador e a palavra-passe estão corretos?

      Vários motivos poderão explicar uma mensagem de erro exibida no momento em que tenta fazer login. Os dois principais motivos são:

      • O prazo de que dispõe para realizar o teste de avaliação linguística já expirou.
      • A sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+) cancelou o seu convite.

      Em ambos os casos, sugerimos que contacte o seu Coordenador Erasmus+ da instituição/organização de envio para soliticar um novo e-mail de convite.

      Se a mensagem de erro indicar que o seu nome de utilizador ou a palavra-passe são inválidos, utilize a opção Esqueci-me da palavra-passe para recuperar a sua palavra-passe.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  4. Preciso de ativar a minha conta do OLS do Erasmus+?

      Antes de poder aceder aos testes de avaliação linguística e aos cursos de línguas do OLS do Erasmus+, primeiro tem de ativar a sua conta de utilizador do OLS do Erasmus+. Para tal, siga o link fornecido no e-mail de convite com as suas credenciais de login.

      Depois de ativar a sua conta do OLS do Erasmus+, visite a seguinte URL para aceder à página inicial do OLS do Erasmus+: http://erasmusplusols.eu. Para aceder à página de início de sessão, clique no botão "Login" (no canto superior direito da página) e introduza as credenciais de início de sessão que recebeu por e-mail.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  5. O que posso fazer se o site encerrar automaticamente a minha sessão?

      O site do OLS do Erasmus+ encerra automaticamente a sessão dos utilizadores após 30 minutos de inatividade. Se os encerramentos de sessão forem mais frequentes, contacte a equipa de assistência técnica do OLS do Erasmus+ clicando no botão " Não, preciso de ajuda".


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  6. Por quanto tempo a minha conta do OLS do Erasmus+ permanece ativa?

      A sua conta do OLS do Erasmus+ permanece ativa durante os 13 meses posteriores à sua última ligação à plataforma do OLS.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  7. O que posso fazer se o meu acesso ao OLS do Erasmus+ expirar?

      As licenças para utilização do OLS do Erasmus+ expiram quando não são ativadas dentro do prazo definido pela sua instituição ou organização de envio. Isso significa que, após determinada data, já não poderá aceder ao OLS do Erasmus+ para realizar o seu teste de avaliação linguística ou curso de línguas. Esta data é definida pela sua instituição ou organização de envio e indicada no e-mail de convite que recebeu.

      Os cursos de línguas estão disponíveis pelo período da sua mobilidade, mas deverá ativar a sua licença no prazo de um mês após a receção do convite. Assim, por exemplo, se participar numa mobilidade Erasmus+ com uma duração de seis meses, deverá aceder ao curso de línguas no prazo de um mês depois de receber o convite. Terá depois acesso ao curso de línguas do OLS do Erasmus+ durante todo o período da mobilidade (por ex., seis meses) a partir da ativação da sua licença, ou seja, durante seis meses desde o seu primeiro acesso ao curso de línguas.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda

Questões relacionadas com o teste de avaliação linguística

  1. Como posso realizar o meu teste de avaliação linguística inicial?

      Se foi selecionado para participar numa atividade de mobilidade Erasmus+, deverá ter recebido um e-mail de convite da sua instituição/organização de envio, com o seu nome de utilizador e a palavra-passe, para aceder ao teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. Só a sua instituição/organização de envio lhe pode enviar estes dados de login para aceder ao teste de avaliação linguística.

      Se não recebeu este e-mail de convite, consulte a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada ou contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Como e quando é que posso fazer o teste de avaliação linguística final?

      Os e-mails de convite para a realização do teste de avaliação linguística final são automaticamente enviados pelo sistema do OLS do Erasmus+ no dia 15 ou 16 do último mês do seu período de mobilidade, conforme indicado no seu perfil.

      Primeiro, aceda à sua conta (utilizando o seu nome de utilizador e a palavra-passe) e confirme se as datas de início e fim do seu período de mobilidade foram corretamente introduzidas no seu perfil. Caso seja necessério, deverá corrigi-las.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. Existe alguma diferença entre o primeiro teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ e o final?

      Não existe diferença entre o primeiro (antes do período de mobilidade) e o segundo (após o regresso da mobilidade) teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. No entanto, o teste de avaliação é adaptativo e, por conseguinte, as perguntas poderão ser diferentes. Uma vez que ambos os testes de avaliação se baseiam nos mesmos princípios, é possível avaliar os progressos nas suas competências linguísticas durante o período de mobilidade.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  4. Deixei passar o prazo do teste de avaliação linguística. O que devo fazer?

      Se deixou passar o prazo do teste de avaliação linguística inicial (antes do seu período de mobilidade), informe a sua instituição/organização de envio. Só o seu Coordenador Erasmus+ o poderá ajudar.

      Se deixou passar o prazo do teste de avaliação linguística final (quando regressar do seu período de mobilidade):

      1. Faça login no site do OLS do Erasmus+.
      2. Consulte o topo da página para ver se o botão “Iniciar o teste de avaliação linguística” está disponível. Se estiver, ainda pode realizar o teste de avaliação linguística.

      Caso contrário, defina a data do fim da mobilidade no seu perfil do OLS para o mês atual. Se já estiver definida para o mês atual, guarde simplesmente o seu perfil e poderá aceder imediatamente e realizar o teste de avaliação.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  5. Como posso alterar a língua do meu teste de avaliação?

      O acesso ao teste de avaliação linguística é disponibilizado pela sua instituição de envio na sua principal língua de instrução, trabalho ou voluntariado (língua de aprendizagem).
      Se houver um erro na língua de aprendizagem que lhe foi atribuída, ou caso prefira alterá-la, sugerimos que contacte a sua instituição/organização de envio e, mais precisamente, o seu Coordenador do OLS do Erasmus+.

      Só a sua instituição de envio pode alterar esta língua, e para o fazer, terá de lhe enviar novos códigos de acesso para realizar o teste de avaliação linguística na língua aprovada pelo seu Coordenador do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  6. Posso guardar o meu progresso antes de sair do teste de avaliação linguística?

      É possível sair do teste de avaliação linguística e retomá-lo posteriormente, desde que tenha concluído a secção na qual estava a trabalhar. As suas respostas podem ser guardadas durante 10 dias. Depois de terminar o teste de avaliação linguística, não poderá reiniciá-lo.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  7. É possível alterar a ordem das secções do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      O teste de avaliação linguística é composto por cinco secções pela seguinte ordem: gramática, vocabulário, frases-chave de comunicação, compreensão auditiva e compreensão de leitura. O teste de avaliação linguística deve ser realizado respeitando esta sequência e não é possível alterar a ordem das secções.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  8. Recebi uma mensagem de erro durante a realização do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. O que devo fazer?

      Se recebeu uma mensagem de erro durante a realização do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+, siga estas dicas:

      1) Certifique-se de que tem a versão mais recente do Adobe Flash Player instalada no seu computador.

      2) Limpe a cache de memória do seu navegador e elimine as cookies, clicando simultaneamente nas teclas CTRL + SHIFT + DEL.

      3) Volte a fazer login na página Web do OLS do Erasmus+.

      4) Não abra nenhum separador ou janela para outras páginas Web enquanto estiver a realizar o seu teste de avaliação.

      Se o problema persistir, retome o teste de avaliação utilizando outro navegador da Internet ou mesmo outro computador ligado a outra rede, uma vez que a rede poderá estar a bloquear a página Web do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  9. Como posso alterar a língua de interface do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      A língua de interface do site do OLS do Erasmus+ e do teste de avaliação linguística é, por defeito, o inglês. A língua de interface do teste de avaliação linguística pode ser alterada no site do OLS utilizando o menu suspenso na parte superior do ecrã, antes de realizar o teste de avaliação linguística. Todas as 24 línguas da União Europeia estão disponíveis como línguas de interface para o teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  10. O que é que acontece aos resultados dos meus testes de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      Quanto aos estudantes do ensino superior, os resultados não serão comunicados à instituição ou organização de acolhimento. No caso dos voluntários do SVE e alunos de EFP, os resultados não serão comunicados automaticamente às outras organizações envolvidas no projeto. Só o aluno e a instituição responsável pela sua seleção ou pela coordenação do seu projeto do SVE recebem os resultados dos seus testes de avaliação linguística.

      Os resultados dos testes de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ não impedem ninguém de participar no programa de mobilidade Erasmus+. Os resultados podem ser utilizados pela instituição de envio ou organização coordenadora para identificar os participantes com maior necessidade de apoio linguístico.

      Para os estudantes do ensino superior, e nos casos em que o nível linguístico recomendado pela organização de acolhimento não é alcançado, ocorre um debate entre o estudante e a instituição de ensino superior para discutirem que medidas de apoio ao estudante são necessárias.

      Se o seu nível de conhecimentos da língua não se alterar durante a sua estadia no estrangeiro, não trará consequências negativas diretas para a participação no programa Erasmus+ – contudo, para tirar o máximo partido da sua estadia no estrangeiro, deverá empenhar-se na aprendizagem da língua dos seus estudos, trabalho ou atividades de voluntariado.

      A Comissão Europeia poderá utilizar os dados agregados dos resultados do teste de avaliação linguística para fins estatísticos, com vista a avaliar o impacto do programa.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  11. Quando é que o teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ é obrigatório?

      Estudantes do ensino superior

      O teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ é obrigatório e um pré-requisito para todos os estudantes do ensino superior dos países do programa que participem numa mobilidade Erasmus+ para estudos ou estágios noutro país do programa, e com uma das seguintes línguas como principal língua de trabalho (exceto falantes nativos). O primeiro teste de avaliação linguística deve ser realizado antes do período de mobilidade e o teste de avaliação linguística final no fim do período de mobilidade.

      Se é estudante do ensino superior e já foi selecionado para um programa de mobilidade Erasmus+ com uma das línguas acima como principal língua de mobilidade, a sua instituição de ensino superior de origem proporcionar-lhe-á o acesso ao OLS para fazer um teste de avaliação linguística, e, se assim o desejar, um curso de línguas online. Neste caso, receberá um e-mail com um nome de utilizador e uma palavra-passe para aceder ao OLS. Para mais informações, contacte a sua instituição de ensino superior de origem.

      Voluntários do Serviço Voluntário Europeu (SVE)

      Para os voluntários do SVE, o teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ é obrigatório para todas as atividades de mobilidade de, no mínimo, dois meses, e com uma das seguintes línguas como principal língua de trabalho (exceto falantes nativos). Para que os voluntários do SVE de longa duração tenham acesso ao OLS, o candidato deve requerer apoio linguístico no formulário de candidatura ao projeto.

      Os voluntários do SVE que participem em projetos recebem um nome de utilizador e uma palavra-passe, comunicados pela organização coordenadora do projeto, para acederem à plataforma. Contacte a sua organização coordenadora para se informar acerca do apoio linguístico.

      Alunos de Educação e Formação Profissional (EFP)

      Para os alunos de EFP, desde junho de 2015, o teste de avaliação linguística do OLS é obrigatório para todas as mobilidades de, no mínimo, um mês, e com uma das seguintes línguas como principal língua de trabalho (exceto falantes nativos).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  12. Os falantes nativos da língua da mobilidade podem realizar o teste de avaliação do OLS noutra língua?

      Os participantes terão que fazer o teste de avaliação linguística do OLS na principal língua de instrução, trabalho ou voluntariado prevista para a sua mobilidade (desde que esteja abrangida pelo OLS). No entanto, se o participante for falante nativo ou tiver obtido um resultado entre os níveis B2 e C2 do QECR no primeiro teste de avaliação linguística do OLS, a instituição de envio poderá oferecer-lhe a possibilidade de fazer um curso de línguas do OLS da língua do país.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  13. Quais são as consequências se um participante num programa de mobilidade não fizer os testes de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      O teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ é obrigatório para todos os participantes que aderem a uma mobilidade Erasmus+ para estudar, estagiar ou fazer voluntariado noutro País do Programa, e com uma das seguintes línguas como principal língua de instrução, trabalho ou voluntariado (exceto falantes nativos). O primeiro teste de avaliação linguística deve ser realizado antes do período de mobilidade e o teste de avaliação linguística final no fim do período de mobilidade.

      Para os estudantes do ensino superior, é também um pré-requisito para a mobilidade. A instituição/organização de envio pode decidir fazer depender o pagamento da última prestação da ajuda financeira da realização do teste de avaliação final do OLS do Erasmus+, no fim da mobilidade. Tal deverá ser especificado no artigo 6.3 do acordo da subvenção.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  14. Que competências são avaliadas no teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      O teste de avaliação linguística online avalia as suas competências linguísticas em conformidade com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR).

      O teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ avalia cinco competências:

      • Competência gramatical: o conhecimento e a capacidade de utilizar os recursos gramaticais da língua
      • Competência lexical: tanto o conhecimento como a capacidade de utilizar itens gramaticais e lexicais (palavras, frases padrão e expressões idiomáticas)
      • Competência semântica: a capacidade de determinar o significado de uma série de palavras
      • Compreensão auditiva: a capacidade de receber e de processar uma mensagem falada emitida por um ou mais oradores
      • Compreensão de leitura: a capacidade de compreender e de lidar com textos escritos

      O teste de avaliação consiste em 70 perguntas e demora aproximadamente 40 a 50 minutos. Os resultados serão guardados e o teste de avaliação pode ser feito em várias etapas independentes. O teste de avaliação é adaptativo e utiliza uma metodologia inteligente e progressiva: a dificuldade das perguntas baseia-se nas respostas às perguntas anteriores, de forma que a sua competência linguística possa ser avaliada com um grau de precisão cada vez maior. Assim, quanto mais elevado for o seu nível, mais precisa será a sua avaliação, uma vez que as perguntas se referem a temas mais especializados.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  15. Existe uma apresentação geral do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      Sim, aqui no site encontra-se disponível uma apresentação geral do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  16. Existe um guia do utilizador do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      Sim, aqui no site encontra-se disponível um guia do utilizador do teste de avaliação linguística do OLS para os participantes em programas de mobilidade.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  17. Quando é que o teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ não é obrigatório?

      Os falantes nativos ficam dispensados da realização do teste de avaliação linguística do OLS (para uma definição de falante nativo, contacte a sua instituição de envio ou organização coordenadora).

      Se a principal língua da mobilidade não for uma das seguintes línguas, a avaliação não se realizará através do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. Contacte a sua instituição de envio ou organização coordenadora para saber mais sobre o apoio linguístico noutras línguas.

      Para mais informações acerca do OLS do Erasmus+ ou outras oportunidades de apoio linguístico, contacte a sua instituição de ensino superior de origem ou organização coordenadora do SVE/EFP do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda

Questões relacionadas com o curso de línguas

  1. Como posso aceder ao curso de línguas?

      Se for estudante do Ensino Superior e se for realizar o primeiro teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ em alemão, inglês, espanhol, francês, italiano, neerlandês ou português, será automaticamente convidado por e-mail para fazer o curso de línguas do OLS do Erasmus+ na mesma língua do teste de avaliação se obtiver um resultado entre os níveis A1 e B1 do QECR. No caso do búlgaro, checo, dinamarquês, grego, croata, húngaro, polaco, romeno, eslovaco, finlandês e sueco, receberá automaticamente uma licença para um curso de línguas se obtiver um resultado abaixo do nível A2 do QECR no seu primeiro teste de avaliação linguística.

      Para todos os outros resultados, ou poderá fazer um curso de línguas do OLS na sua principal língua de instrução ou trabalho, ou na língua local do seu destino de mobilidade Erasmus+, desde que esta língua esteja disponível no OLS. Receberá uma notificação por e-mail da sua instituição/organização de envio, convidando-o a aceder a um curso de línguas do OLS.

      Se for aluno de Educação e Formação Profissional (EFP) ou voluntário do Serviço Voluntário Europeu (SVE), as instituições de envio/acolhimento e as organizações coordenadoras do Erasmus+ decidirão que participantes irão convidar para fazerem um curso de línguas do OLS do Erasmus+, com base nas competências linguísticas e nas necessidades de cada um. As instituições de envio/organizações coordenadoras são automaticamente notificadas dos testes de avaliação linguística realizados e, na sequência desta notificação, decidem se e a quem darão acesso aos cursos de línguas do OLS, tendo em conta os resultados do primeiro teste de avaliação linguística.

      Se não recebeu um e-mail de convite para o curso de línguas do OLS do Erasmus+, verifique a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada ou contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Deixei passar o prazo para fazer o primeiro login no meu curso de línguas online do Erasmus+. O que posso fazer?

      As licenças para utilização do OLS do Erasmus+ expiram quando não são ativadas dentro do prazo definido pela sua instituição ou organização de envio. Isso significa que, após determinada data, já não poderá aceder ao OLS do Erasmus+ para realizar o seu teste de avaliação linguística ou curso de línguas. Esta data é definida pela sua instituição ou organização de envio e indicada no e-mail de convite que recebeu.

      Os cursos de línguas estão disponíveis pelo período da sua mobilidade, mas deverá ativar a sua licença no prazo de um mês após a receção do convite. Assim, por exemplo, se participar numa mobilidade Erasmus+ com uma duração de seis meses, deverá aceder ao curso de línguas no prazo de um mês depois de receber o convite.

      Terá depois acesso ao curso de línguas do OLS do Erasmus+ durante todo o período da mobilidade (por ex., seis meses) a partir da ativação da sua licença, ou seja, durante seis meses desde o seu primeiro acesso ao curso de línguas.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. O curso de línguas é obrigatório?

      Os cursos de línguas online foram criados para promover a melhoria das suas competências linguísticas durante a preparação para a sua mobilidade Erasmus+ e ao longo da duração da sua mobilidade Erasmus+. Os cursos de línguas não são obrigatórios, mas constituem uma oportunidade única e a decisão de aproveitá-la ao máximo é sua.

      Pode fazer o número de módulos e completar o número de exercícios que desejar do curso de línguas do OLS do Erasmus+, em função das suas necessidades de aprendizagem individuais. No fim do seu período de mobilidade, receberá também um registo de participação por fazer um curso de línguas do OLS.

      Para os estudantes do Ensino Superior: a vossa instituição/organização de Ensino Superior poderá também atribuir créditos ECTS pela vossa participação ativa no curso de línguas do OLS. Para mais informações, contactem a vossa instituição/organização de envio.

      Se recebeu um convite para um curso de línguas do OLS, mas não deseja ou não pode fazer um curso de línguas online, informe a sua instituição/organização de envio antes de fazer o primeiro login. As instituições/organizações de envio só podem convidar um número limitado de participantes de mobilidade para fazerem o curso de línguas do OLS do Erasmus+, por isso, ganhar o acesso ao curso de línguas do OLS do Erasmus+ é uma oportunidade única para melhorar as suas competências na língua de trabalho do seu programa de mobilidade.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  4. Quantas horas é necessário trabalhar para fazer progressos?

      Todos os utilizadores do curso de línguas do OLS do Erasmus+ têm acesso ilimitado ao longo de todo o período de mobilidade Erasmus+. Por conseguinte, pode estar ligado as horas que desejar. Além disso, é possível visualizar o seu histórico de ligação clicando no ícone "gear" no canto superior direito da página inicial. Selecione Histórico para visualizar o histórico do seu login, Estatísticas para ver o seu desempenho de aprendizagem, e Pontuações para ver os seus resultados nos diferentes exercícios. Também poderá fazer o download de um Registo de Participação, que indica quantas horas participou no curso de línguas do OLS do Erasmus+.

      O OLS (Online Linguistic Support - Apoio Linguístico Online) do Erasmus+ recomenda que estude, pelo menos, duas horas por semana no curso de línguas online.

      Quanto mais tempo e esforço investir, mais progressos fará. Igualmente recomendável é o contacto diário com a língua. Ler artigos de jornais, ouvir rádio e ver televisão na língua de destino permitem-lhe fazer ainda mais progressos.

      No fim do seu período de mobilidade, receberá também um registo de participação por fazer o curso de línguas do OLS.

      Para os estudantes do Ensino Superior: a vossa instituição/organização de envio poderá também atribuir créditos ECTS pela vossa participação ativa no curso de línguas do OLS. Para mais informações, contactem a vossa instituição/organização de envio.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  5. Até quando posso aceder ao curso de línguas?

      O período de validade do seu acesso ao curso de línguas do OLS do Erasmus+ corresponde à duração da sua mobilidade Erasmus+ (com base na data de início e fim do seu período de mobilidade, conforme especificado no seu perfil de utilizador). O período de validade começa a contar a partir do seu primeiro início de sessão no curso de línguas. O vencimento do prazo poderá, portanto, não corresponder à data atual de regresso do seu programa de mobilidade Erasmus+.

      No entanto, se se enganou no seu perfil ou se prolongou a sua mobilidade, poderá alterar a data de fim da mobilidade no seu perfil de utilizador. Esta alteração ampliará o período de validade do seu acesso à língua até 13 meses, no máximo.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  6. A língua do meu curso de línguas do OLS do Erasmus+ pode ser diferente da língua do meu teste de avaliação linguística?

      Se for estudante do Ensino Superior e se for realizar o primeiro teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ em alemão, inglês, espanhol, francês, italiano, neerlandês ou português, será automaticamente convidado por e-mail para fazer o curso de línguas do OLS do Erasmus+ na mesma língua do teste de avaliação se obtiver um resultado entre os níveis A1 e B1 do QECR. No caso do búlgaro, checo, dinamarquês, grego, croata, húngaro, polaco, romeno, eslovaco, finlandês e sueco, receberá automaticamente uma licença para um curso de línguas se obtiver um resultado abaixo do nível A2 do QECR no seu primeiro teste de avaliação linguística.

      Para todos os outros resultados, ou poderá fazer um curso de línguas do OLS na sua principal língua de instrução ou trabalho, ou na língua local do seu destino de mobilidade Erasmus+, desde que esta língua esteja disponível no OLS. Receberá uma notificação por e-mail da sua instituição/organização de envio, convidando-o a aceder a um curso de línguas do OLS.

      Se for aluno de Educação e Formação Profissional (EFP) ou voluntário do Serviço Voluntário Europeu (SVE), as instituições de envio/acolhimento e as organizações coordenadoras do Erasmus+ decidirão que participantes irão convidar para fazerem um curso de línguas do OLS do Erasmus+, com base nas competências linguísticas e nas necessidades de cada um. As instituições de envio/organizações coordenadoras são automaticamente notificadas dos testes de avaliação linguística realizados e, na sequência desta notificação, decidem se e a quem darão acesso aos cursos de línguas do OLS, tendo em conta os resultados do primeiro teste de avaliação linguística.

      Para mais informações, contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  7. O que é o “coaching ao vivo” (live coaching)?

      O coaching ao vivo (sessões de tutoria e MOOCs) está disponível em três níveis (A, B, C): os níveis A1 e A2, B1 e B2 e C1 e C2 estão, por conseguinte, respetivamente agrupados. É possível aceder ao coaching ao vivo através do separador "Coaching ao vivo" dos cursos de línguas do OLS do Erasmus+ nas seguintes línguas.

      As sessões de tutoria (tutoring sessions) são temáticas, por ex. centradas num tema específico, ou 'livres'. As 'sessões livres' permitem aos participantes escolher tópicos e aspetos da língua que queiram trabalhar.

      Graças à dimensão reduzida da turma (1 a 6 participantes), as sessões de tutoria garantem o foco nas necessidades específicas dos alunos.

      Com um pouco de sorte, pode até ser possível ter aulas individuais.

      Os MOOCs são aulas de meia hora destinadas a temas específicos. Os tutores fornecer-lhe-ão mais informações acerca desse tema durante o vídeo de meia hora. Se tiver perguntas, pode usar o chat durante a sessão para perguntar ao seu tutor ou partilhar os seus pontos de vista com os outros estudantes que estão a participar na sessão.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  8. Quem são os tutores do “coaching ao vivo” (live coaching)?

      À sua disposição tem 80 tutores das seis línguas atuais para o ajudar e apoiar ao longo da sua aprendizagem. Os tutores são falantes nativos com formação em línguas e uma experiência profissional de, no mínimo, três anos de ensino da sua língua materna como língua estrangeira.

      Para cada uma das seguintes línguas, um coordenador linguístico supervisiona a equipa de tutores. O coordenador linguístico é um falante nativo e especialista em formação linguística, com curso de línguas e uma experiência profissional de, no mínimo, cinco anos de ensino da sua língua materna como língua estrangeira. Os coordenadores linguísticos recrutam os tutores, dão-lhes formação sobre aspetos técnicos e metodológicos e garantem a qualidade do desempenho dos tutores. Também criam o conteúdo do curso para os cursos de línguas online do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  9. Como posso assistir a uma sessão de coaching ao vivo?

      As sessões de coaching ao vivo consistem em dois tipos de atividades diferentes:

      - Sessões de tutoria: aulas interativas online, de 30 minutos, para grupos de 1 a 6 participantes, lecionadas por um tutor nativo. Estas sessões podem abordar um tema específico ou podem ser “livres”, isto é, cabe-lhe a si escolher o tópico!

      - MOOCs (Massive Online Open Course): videoaulas de 30 minutos sobre vários tópicos que pode seguir, com a possibilidade de fazer perguntas em tempo real a um tutor nativo.

      Se desejar participar numa sessão de tutoria ou num MOOC, deverá clicar no botão “coaching ao vivo” no seu ecrã de navegação do curso de línguas do OLS do Erasmus+, onde pode ver informação acerca da(s) sua(s) “sessão(ões) agendada(s)” e da(s) “próxima(s) sessão(ões)”. Se pretender agendar uma sessão, selecione uma da lista e clique em “Inscrever-me”. Pode inscrever-se em mais do que uma sessão de cada vez. Dispõe ainda da possibilidade de cancelar a sua sessão, clicando em “Não”, até 24 horas antes da sessão agendada começar. Lembre-se de que existe um sistema de créditos para as sessões de tutoria. É-lhe atribuído um determinado número de créditos com base na duração do seu período de mobilidade Erasmus+, sendo creditada uma sessão de tutoria por cada duas semanas de mobilidade. Cada crédito é válido por 30 minutos de participação numa sessão de tutoria. Por exemplo, um estudante que participe num período de mobilidade do Erasmus+ de 12 semanas recebe seis créditos, o que lhe permite assistir a seis sessões de tutoria.

      Pode aceder facilmente a todos os MOOCs (Massive Online Open Course) publicados sem agendar. Basta clicar no botão “BIBLIOTECA DE MOOC” no fundo da página “Coaching ao vivo”. Na página da Biblioteca de MOOC, encontrará vários vídeos disponíveis, classificados segundo os níveis do QECR, do A ao C. Estes vídeos encontram-se disponíveis a todo o momento. No entanto, como estas sessões não decorrem ao vivo, o chat não está ativo.

      Aviso: é importante que defina corretamente o seu fuso horário no seu perfil, para que as funcionalidades de coaching ao vivo do curso de línguas do OLS do Erasmus+ funcionem adequadamente. A definição correta do fuso horário permite ao sistema indicar-lhe a hora exata das sessões de coaching ao vivo. O fuso horário selecionado deverá corresponder ao país onde se encontra no momento em que faz o seu curso de línguas do OLS do Erasmus+.

       


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  10. Como posso pedir a ajuda de um professor ou interagir com outros alunos?

      Os cursos de línguas do OLS do Erasmus+ oferecem diversos tipos de interação, tanto com tutores como com outros alunos, através de sessões de coaching ao vivo (live coaching):

      • Os MOOCS são sessões de vídeo baseadas no modelo de Massive Open Online Courses (MOOCs), e são disponibilizados semanalmente e anunciados na página inicial da plataforma do OLS do Erasmus+. Estes cursos estão abertos a um número ilimitado de alunos. Na página web também se encontram disponíveis gravações de vídeo das sessões dos MOOC anteriores.
      • As sessões de tutoria (tutoring sessions) são pequenas sessões em grupos de 1 a 6 participantes, que permitem a interação direta com um professor. Encontram-se disponíveis sessões temáticas e “livres”.
      • O fórum (forum) permite aos alunos apoiarem-se mutuamente, promove a aprendizagem em colaboração e é moderado por tutores que dão conselhos de aprendizagem e respondem a perguntas colocadas pelos participantes.

      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  11. Os tutores podem responder às minhas perguntas?

      Os tutores podem responder às suas perguntas específicas, tanto através das sessões de tutoria (tutoring sessions) como da secção do fórum (forum). As perguntas colocadas no fórum (forum) serão respondidas num prazo de 24 horas úteis.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  12. O que posso fazer se as animações de vídeo não carregarem?

      Alguns módulos apresentam animações de vídeo para fazerem uma introdução inicial ao módulo. Se tiver problemas com estas animações de vídeo, verifique se a velocidade da sua ligação é suficientemente rápida.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  13. O que posso fazer se tiver problemas com o som?

      Alguns módulos incluem animações de vídeo e exercícios de compreensão auditiva. Para estes e para outro tipo de exercícios multimédia, é importante que o som (altifalantes ou auscultadores) esteja ativado e funcione corretamente para que possa usufruir destas atividades. Se tiver problemas com o som, primeiro certifique-se de que o volume está ligado e verifique se o botão “silêncio” está desativado (com o Internet Explorer: Menu Inicial> Definições> Painel de Controlo> Sons e Dispositivos de Áudio). Se usar auscultadores, confirme se estão corretamente ligados ao dispositivo. Finalmente, aceda a outro site (por ex., www.youtube.com) para descobrir se este é um problema geral do seu computador.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  14. O que é a funcionalidade de reconhecimento de voz?

      O reconhecimento de voz é uma ferramenta avançada que lhe permite praticar a pronúncia. Pode gravar a sua pronúncia e compará-la com a pronúncia de falantes nativos. Lembre-se de que necessita de um microfone para gravar a sua voz.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  15. O que posso fazer se as palavras não estiverem traduzidas na minha língua nas listas de vocabulário e nas fichas de vocabulário?

      Nas listas de vocabulário e nas fichas de vocabulário, os termos estão traduzidos na sua língua de interface, a fim de o ajudar a compreendê-los melhor, e, fundamentalmente, a aprendê-los. Contudo, as palavras poderão não estar traduzidas na sua língua na lista de vocabulário, nos casos em que a sua língua de aprendizagem corresponda à sua língua de interface. Por exemplo, se estiver a aprender inglês e também tiver selecionado o inglês como língua de interface, as palavras na lista de vocabulário não estarão traduzidas noutra língua. Pode alterar a sua língua de interface na barra superior do ecrã (o menu suspenso) para mostrar as traduções do vocabulário.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  16. Em que consistem os cursos de línguas do OLS do Erasmus+?

      Os cursos de línguas do OLS do Erasmus+ são idênticos a outros cursos de línguas online atualmente disponíveis no mercado. É possível aceder aos cursos de línguas a partir da mesma página Web interativa, encontrando-se disponíveis em qualquer lugar e a qualquer momento.

      Os cursos de línguas do OLS do Erasmus+ baseiam-se em três princípios de aprendizagem fundamentais:

      • Imersão: as competências linguísticas são desenvolvidas e consolidadas através de uma exposição intensiva a animação multimédia, simulações de situações quotidianas da vida real e com a participação exclusiva de falantes nativos.
      • Prática: para aprender uma língua, é necessário ouvir, ler, escrever e falar. Praticará todos estes aspetos em situações concretas do dia a dia e da vida profissional.
      • Aprendizagem em espiral: cada tema é introduzido gradualmente, revisto periodicamente e serve de referência durante o curso de línguas.

      Geralmente, as aulas começam com vídeos e animações realistas sobre contextos quotidianos e profissionais, para lhe permitir aprender palavras e frases mais necessárias.

      Poderá depois memorizar vocabulário com a ajuda de fichas de vocabulário, melhorar a pronúncia ouvindo as suas gravações, praticar o seu vocabulário e desenvolver a ortografia através do ditado, assim como melhorar a sua compreensão com os exercícios de audição. Graças à secção de gramática, poderá igualmente consolidar as suas competências gramaticais e o conhecimento das regras.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  17. Quando e onde decorrem os cursos de línguas do OLS do Erasmus+?

      O curso de línguas online do OLS do Erasmus+ encontra-se disponível pelo período da sua estadia de mobilidade Erasmus+, sete dias por semana, 24 horas por dia. Poderá escolher a hora que mais lhe convenha para fazer o curso de línguas do OLS do Erasmus+. Pode aceder ao curso de línguas online em qualquer computador ou dispositivo eletrónico, desde que tenha ligação à Internet.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  18. Que níveis e módulos de curso o OLS do Erasmus+ oferece?

      Para principiantes, o OLS do Erasmus+ oferece um curso de nível de Introdução A1, para a aprendizagem das primeiras palavras de uma nova língua.

      Para os alunos que tenham conhecimentos básicos da língua, encontram-se disponíveis aulas de nível A1 na maioria das secções: gramática, vocabulário e pronúncia.

      Os cursos centrados na linguagem de negócios e em pontos de vista (aprender a falar como um falante nativo) são mais indicados para pessoas com um bom domínio da língua. Contudo, não existe nada que impeça os principiantes de os realizarem, já que os mesmos têm sempre acesso a todo o conteúdo da plataforma.

      Argumentação é um curso de vídeo que o ensina a expressar as suas ideias e a desenvolver um argumento convincente numa língua estrangeira. Todas as situações de aprendizagem se baseiam em situações da vida real. Este curso permite-lhe ouvir e aprender expressões frequentemente usadas por falantes nativos (foram intencionalmente selecionados sotaques diferentes), para poder falar acerca de assuntos concretos, como o horário de trabalho flexível, trabalhar a partir de casa, a importância da política, a questão da situação profissional. Graças à rápida velocidade de discurso dos falantes nativos e ao uso de sons ambiente etc., sentir-se-á genuinamente imerso na língua.

      Além dos módulos de curso gerais (vocabulário, gramática, pronúncia e argumentação), os cursos de línguas do OLS do Erasmus+ também oferecem módulos de curso profissionais: Reuniões, Cursos sobre Profissões e Correspondência. Estes cursos centram-se na linguagem usada num ambiente de trabalho. A ênfase recai na assimilação e no uso de expressões-chave necessárias para uma comunicação eficaz numa série de contextos profissionais. O curso de língua inglesa também oferece uma secção sobre o Setor bancário que o ensina a lidar com situações comuns com que se poderá deparar ao abrir uma conta bancária, ao pedir um cartão de crédito ou ao receber aconselhamento financeiro.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  19. Posso imprimir o material do curso de línguas do OLS do Erasmus+?

      É possível fazer o download e imprimir as regras gramaticais e as listas de vocabulário de cada aula.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda

Questões relacionadas com o perfil

  1. A língua do meu teste de avaliação linguística do OLS não está correta. Posso alterá-la?

      O acesso ao teste de avaliação linguística é disponibilizado pela sua instituição/organização de envio na sua principal língua de instrução, trabalho ou voluntariado (língua de aprendizagem).

      Se houver um erro na língua de aprendizagem que lhe foi atribuída, ou se gostaria de alterá-la, sugerimos que contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador do OLS do Erasmus+).

      Só a sua instituição/organização de envio pode alterar esta língua, e para o fazer, terá de lhe enviar novos códigos de acesso para realizar o teste de avaliação linguística na língua aprovada pelo seu Coordenador do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Tenho que indicar o meu fuso horário em ‘O meu perfil’?

      A indicação do seu fuso horário é importante para a secção coaching ao vivo (live coaching) do curso de línguas do OLS do Erasmus+. O fuso horário selecionado deverá corresponder ao país onde está a viver no momento em que faz o curso de línguas.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. Como é que posso alterar as datas da minha mobilidade?

      Para alterar as datas do seu período de mobilidade, terá de fazer login na sua conta e editar o seu perfil.

      Lembre-se de que a data do seu teste de avaliação linguística final e o período de acesso ao curso de línguas do OLS são calculados com base na data de fim do período de mobilidade introduzida no seu perfil.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda

Questões relacionadas com o e-mail

  1. Não recebi o meu e-mail de convite para participar no primeiro teste de avaliação linguística. O que devo fazer?

      Se foi selecionado para participar numa atividade de mobilidade Erasmus+, deverá ter recebido um e-mail da sua instituição/organização de envio com o seu nome de utilizador e a palavra-passe para aceder ao teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. Só a sua instituição/organização de envio lhe pode enviar estes dados de login para aceder ao teste de avaliação linguística.
      Se não recebeu este e-mail de convite, consulte a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada ou contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Porque é que ainda recebo lembretes por e-mail depois de realizar o primeiro (inicial) teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      Se fez o primeiro (inicial) teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ e os seus resultados foram exibidos, não se preocupe. Eles foram guardados no sistema.

      Ainda poderá receber lembretes do OLS do Erasmus+ nos seguintes casos:

      • Recebeu o lembrete por e-mail do primeiro (inicial) teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ pouco depois de o ter realizado. Ignore este lembrete.
      • O lembrete por e-mail refere-se ao segundo (final) teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ se estiver no último mês do período de mobilidade guardado no seu perfil. Se esta data estiver errada, altere-a no seu perfil o mais brevemente possível.
      • O lembrete por e-mail refere-se ao curso de línguas do OLS do Erasmus+ para o qual foi convidado.

      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. Não recebi o meu convite por e-mail para o teste de avaliação linguística final. O que devo fazer?

      Os e-mails de convite para a realização do segundo teste de avaliação linguística são automaticamente enviados pelo sistema do OLS do Erasmus+ no dia 15 ou 16 do último mês do seu período de mobilidade, conforme indicado no seu perfil.

      Primeiro, aceda à sua conta (utilizando o seu nome de utilizador e a palavra-passe) e confirme se as datas de início e fim do seu período de mobilidade foram corretamente introduzidas no seu perfil. Caso seja necessário, deverá corrigi-las.

      Se as suas datas estiverem corretas, mas não tiver recebido este e-mail de convite, verifique a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  4. Não recebi o meu e-mail de convite para o curso de línguas. O que devo fazer?

      Se for estudante do Ensino Superior e se for realizar o primeiro teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+ em alemão, inglês, espanhol, francês, italiano, neerlandês ou português, será automaticamente convidado por e-mail para fazer o curso de línguas do OLS do Erasmus+ na mesma língua do teste de avaliação se obtiver um resultado entre os níveis A1 e B1 do QECR. No caso do búlgaro, checo, dinamarquês, grego, croata, húngaro, polaco, romeno, eslovaco, finlandês e sueco, receberá automaticamente uma licença para um curso de línguas se obtiver um resultado abaixo do nível A2 do QECR no seu primeiro teste de avaliação linguística.

      Para todos os outros resultados, ou poderá fazer um curso de línguas do OLS na sua principal língua de instrução ou trabalho, ou na língua local do seu destino de mobilidade Erasmus+, desde que esta língua esteja disponível no OLS. Receberá uma notificação por e-mail da sua instituição/organização de envio, convidando-o a aceder a um curso de línguas do OLS.

      Se for aluno de Educação e Formação Profissional (EFP) ou voluntário do Serviço Voluntário Europeu (SVE), as instituições de envio/acolhimento e as organizações coordenadoras do Erasmus+ decidirão que participantes irão convidar para fazerem um curso de línguas do OLS do Erasmus+, com base nas competências linguísticas e nas necessidades de cada um. As instituições de envio/organizações coordenadoras são automaticamente notificadas dos testes de avaliação linguística realizados e, na sequência desta notificação, decidem se e a quem darão acesso aos cursos de línguas do OLS, tendo em conta os resultados do primeiro teste de avaliação linguística.

      Se não recebeu um e-mail de convite para o curso de línguas do OLS do Erasmus+, verifique a sua pasta de spam/junk mail da sua caixa de entrada ou contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  5. Recebi dois e-mails de convite em separado em dois endereços de e-mail diferentes. O que devo fazer?

      Se foi selecionado para participar num período de mobilidade do Erasmus+ em que o Apoio Linguístico Online do Erasmus+ se encontre disponível, deverá receber um e-mail de convite com o seu nome de utilizador e a palavra-passe para aceder ao seu primeiro teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+. Isto é válido para os estudantes do Ensino Superior que participem num período de mobilidade para estudos (3-12 meses) ou estágios (2-12 meses) entre Países do Programa, jovens voluntários que participem num Serviço Voluntário Europeu (SVE) (2-12 meses) e alunos de Educação e Formação Profissional (EFP) que participem numa mobilidade de, no mínimo, um mês.

      Este e-mail é automaticamente gerado pelo OLS do Erasmus+ assim que a sua instituição/organização de envio valida o seu endereço de e-mail no sistema.

      Se recebeu outro e-mail de convite do OLS do Erasmus+ noutro endereço de e-mail, isso significa que esse endereço também foi validado no sistema pela sua instituição/organização de envio. Este e-mail poderá estar associado a outra mobilidade Erasmus+ na qual está a participar.

      Para mais informações sobre esta questão, sugerimos que contacte a sua instituição/organização de envio (Coordenador Erasmus+).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda

Questões gerais acerca do OLS

  1. O que é o Apoio Linguístico Online do Erasmus+ (OLS)?

      Erasmus+ é o novo programa da União Europeia para a educação, a formação, a juventude e o desporto para o período 2014‑2020. O Erasmus+ oferece oportunidades para estudar, estagiar, ganhar experiência profissional ou fazer voluntariado no estrangeiro, e um dos seus objetivos estratégicos é melhorar as competências linguísticas e apoiar a aprendizagem de línguas.

      O Online Linguistic Support (OLS) foi concebido para ajudar os participantes no Erasmus+ a melhorarem os seus conhecimentos da língua que utilizarão para estudar, trabalhar ou fazer voluntariado, antes e durante a sua estadia no estrangeiro, a fim de assegurar uma melhor qualidade da mobilidade de aprendizagem.

      Como a falta de conhecimentos linguísticos continua a constituir uma das principais barreiras à participação em oportunidades de mobilidade europeias de educação, formação e juventude, o OLS torna o apoio linguístico acessível de uma forma flexível e fácil.

      O OLS oferece testes de avaliação linguística online e cursos de línguas a participantes em atividades de mobilidade Erasmus+ de, no mínimo, dois meses (estudos[1]/estágios/voluntariado do SVE), com uma das seguintes línguas como principal língua de trabalho. Desde junho de 2015, o serviço foi alargado aos alunos de Educação e Formação Profissional (EFP) que participem num programa de mobilidade de, no mínimo, um mês.

      Estas são as principais línguas de mobilidade de cerca de 90% de todos os participantes do programa Erasmus+. O objetivo é alargar progressivamente o sistema OLS a todas as línguas oficiais da UE até 2020. Para os participantes cuja principal língua de mobilidade ainda não está disponível no OLS, disponibilizaremos apoio linguístico através da subvenção de apoio organizativo (para estudantes do ensino superior) ou de subvenções específicas para apoio linguístico (para voluntários do SVE e alunos de EFP).

      O OLS é um ambiente online, único e de fácil acesso, através do qual os participantes no programa Erasmus+ que satisfaçam os critérios acima podem testar os seus conhecimentos da língua de mobilidade e fazer um curso de línguas interativo ao seu próprio ritmo, se assim o desejarem. O OLS também oferece outras oportunidades de aprendizagem em colaboração e entre pares, como coaching ao vivo (live coaching) sobre uma série de tópicos para pequenos grupos de alunos (sessões de tutoria) ou para um grupo maior (MOOCs), além de um fórum (forum) com moderador para os alunos trocarem ideias e se apoiarem mutuamente durante a sua experiência de mobilidade.

       

      [1]Relembramos que os estudantes de programas conjuntos de mestrado (Joint Master Degree) não são elegíveis.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Porque estamos a usar o OLS do Erasmus+?

      O OLS do Erasmus+ foi concebido para ajudar os participantes no programa Erasmus+ a melhorarem os seus conhecimentos da sua língua de instrução, trabalho ou voluntariado, antes e durante a sua estadia no estrangeiro, de modo a garantir uma melhor qualidade da sua mobilidade de aprendizagem.

      Uma vez que as competências linguísticas continuam a ser uma das principais barreiras à participação nas oportunidades europeias de educação, formação e mobilidade jovem, o OLS torna o apoio linguístico acessível, de forma simplificada e flexível.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. Quem pode beneficiar do OLS do Erasmus+?

      O OLS encontra-se atualmente disponível para:

      • Estudantes do ensino superior em regime de mobilidade (3-12 meses) ou estagiários (2-12 meses) nos países que participam no programa
      • Jovens que participam no Serviço Voluntário Europeu (SVE) (2-12 meses)
      • Alunos de Educação e Formação Profissional que participem numa mobilidade de, no mínimo, um mês.

      Os estudantes do ensino superior, os voluntários do SVE e os alunos de EFP com uma das seguintes línguas como principal língua de mobilidade podem beneficiar do OLS. O objetivo consiste em alargar progressivamente o sistema OLS a todas as línguas oficiais da UE até 2020.

      Para os participantes cuja principal língua de mobilidade ainda não se encontra disponível no OLS, disponibilizaremos apoio linguístico através da subvenção de apoio organizativo (para estudantes do ensino superior) ou de subvenções específicas para apoio linguístico (para voluntários do SVE e alunos de EFP).


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  4. Qual é a mais-valia do teste de avaliação linguística do OLS do Erasmus+?

      O teste de avaliação linguística do OLS oferece aos participantes do Programa Erasmus+ uma forma fácil e simples de avaliarem os seus conhecimentos da língua que utilizarão para estudar, trabalhar ou fazer voluntariado durante a sua mobilidade no estrangeiro. Ao realizarem o teste de avaliação linguística do OLS, poderão determinar o seu nível geral da língua e o seu desempenho detalhado em cada área linguística (compreensão de leitura, compreensão auditiva, competência gramatical, competência semântica e competência lexical), com pontuações finais em conformidade com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR).

      O teste de avaliação linguística do OLS é também uma forma rápida de os participantes descobrirem se necessitam de apoio linguístico adicional, a fim de tirarem o máximo partido do programa de intercâmbio no estrangeiro.

      O teste de avaliação linguística do OLS é obrigatório. Os estudantes do ensino superior devem realizar o teste de avaliação linguística do OLS antes de partirem, uma vez que se trata de um pré-requisito para o programa de intercâmbio. No entanto, os resultados do teste de avaliação não os impedirão, em caso algum, de participar na atividade de mobilidade. Pelo contrário, os participantes terão a oportunidade de fazer um curso de línguas, para que possam melhorar o seu nível e estar melhor preparados para o seu programa de mobilidade.

      Ao realizarem o segundo teste de avaliação linguística do OLS após o regresso da mobilidade, os participantes no Erasmus+ terão a possibilidade de avaliar até que ponto o seu nível de conhecimentos da língua evoluiu durante a sua estadia no estrangeiro e de quantificar os seus progressos. Depois de realizarem cada teste de avaliação do OLS, poderão guardar e imprimir os resultados do teste de avaliação linguística para referência futura.

      A Comissão Europeia utilizará os dados agregados do teste de avaliação linguística e dos cursos do OLS para fins estatísticos, com vista a avaliar o impacto das atividades de mobilidade e do programa Erasmus+ na consolidação das competências linguísticas.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  5. Quais são as vantagens dos cursos de línguas do OLS do Erasmus+?

      As vantagens dos cursos de línguas do OLS do Erasmus+ podem ser resumidas em poucas palavras: exercícios a la carte, onde e quando quiser. Graças ao acesso ilimitado, é possível fazer os cursos de línguas tanto de dia como de noite, e estudar o tempo que quiser, ao seu próprio ritmo. Uma vez que não é necessária qualquer instalação, os cursos de línguas do OLS do Erasmus+ podem ser seguidos em qualquer computador ou tablet, desde que o dispositivo tenha ligação à Internet. Para tirar o máximo partido do curso, certifique-se de que tem os altifalantes ou os auscultadores ligados.

      A cada utilizador é atribuído um programa de formação personalizado. No entanto, tem total liberdade para escolher os módulos que considere úteis e para fazê-los ao seu próprio ritmo e por ordem de preferência. Animações e vídeos baseados na vida real permitem-lhe praticar a sua compreensão auditiva, compreensão de leitura, competências escritas e orais.

      Atualmente, o número de licenças para os cursos de línguas do OLS disponibilizadas pela Comissão Europeia abrange todos os participantes em atividades de mobilidade Erasmus+ que usem uma das línguas do OLS como principal língua de mobilidade. Isto quer dizer que todos os participantes num programa de mobilidade que realizem o teste de avaliação linguística do OLS têm a oportunidade de fazer um curso de línguas do OLS e de aperfeiçoar as suas competências linguísticas, se assim o desejarem.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  6. Como funciona o OLS do Erasmus+?

      O OLS oferece aos participantes em atividades de mobilidade de longa duração do programa Erasmus+ (Ação-chave 1) a oportunidade de avaliarem as suas competências na principal língua de mobilidade, antes e depois da sua estadia no estrangeiro. Se desejarem, os participantes têm também a oportunidade de fazer um curso de línguas online para melhorarem o seu nível da língua, antes e durante a sua mobilidade.

      À exceção dos falantes nativos, os testes de avaliação linguística do OLS obrigatórios devem ser realizados tanto antes como no final do período de mobilidade, a fim de monitorizar o progresso na competência linguística. No caso dos estudantes do ensino superior Erasmus+, e exceto em casos devidamente justificados, a realização do teste de avaliação linguística antes de partirem é um pré-requisito para o programa de intercâmbio. No entanto, os resultados do teste de avaliação linguística não os impedirão de participar na atividade de mobilidade.

      Em função dos resultados obtidos, os participantes podem também ter acesso gratuito a um curso de línguas online antes e durante a sua estadia no estrangeiro, a fim de melhorarem as respetivas competências linguísticas. O acesso ao curso inclui coaching ao vivo (live coaching): sessões de tutoria (tutoring sessions), MOOCs, um fórum (forum) com moderador, e muito mais.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  7. Existe a possibilidade dos participantes num programa de mobilidade aprenderem uma língua que não conste no OLS do Erasmus+?

      Para os participantes na mobilidade Erasmus+ cuja principal língua de mobilidade ainda não se encontra disponível no OLS do Erasmus+, é disponibilizado apoio linguístico através da subvenção de apoio organizativo (para estudantes do ensino superior) ou de subvenções específicas para apoio linguístico (para voluntários do SVE e alunos de EFP).

      Para o ensino superior, o OLS do Erasmus+ e os cursos de línguas online fundados pelo Apoio Linguístico do Programa excluem-se mutuamente, no caso de abrangerem o mesmo âmbito. Caso tenham um âmbito diferente, por exemplo se o curso de línguas online visar o desenvolvimento de competências interculturais e a aprendizagem da cultura do país de receção, poderá ser permitido. Em todo o caso, cabe à instituição/organização de envio avaliar se fazer um curso de línguas online é uma mais-valia para a mobilidade, considerando que o participante na mobilidade terá anteriormente feito um curso de línguas do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  8. Como é que os meus dados serão tratados?

      Os seus dados serão armazenados e protegidos como explicado abaixo:

      data

      Os seus dados (por ex., país de mobilidade, período de mobilidade, etc.) podem ser usados por Agências Nacionais e pela Comissão Europeia para efeitos de monitorização e fins estatísticos.

      Este procedimento está em conformidade com o Regulamento (EC) N° 45/2001 do Parlamento Europeu e do Conselho de 18 de dezembro de 2000. Os sites que pedem essa informação tratam-na de acordo com a política descrita no Regulamento acima mencionado na política de privacidade específica. A política de privacidade do OLS encontra-se disponível na área dos participantes. Deverá ler e concordar com a política de privacidade para prosseguir com o seu registo no site do OLS do Erasmus+.

      Além disso, todos os dados relativos aos participantes em programas de mobilidade Erasmus+ - de acordo com os termos e condições contratuais entre o EACEA e o prestador de serviços – continuam a ser propriedade da UE e não podem ser usados ou distribuídos pelo prestador de serviços.

      Finalmente, não será implementada nenhuma solução do tipo cloud e os dados serão armazenados em servidores privados.

       


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  9. Quais são os requisitos de hardware e software para realizar os testes de avaliação linguística e os cursos de línguas do OLS do Erasmus+?

      Para poder aceder ao site do OLS do Erasmus+ e fazer os testes de avaliação linguística e os cursos do OLS, tudo o que necessita é de um computador (ou tablet) com ligação à Internet. O OLS do Erasmus+ funciona totalmente online e, por esse motivo, não requer a instalação de qualquer software de terceiros. Antes de aceder ao teste de avaliação linguística ou ao curso de línguas, o sistema verifica automaticamente se o seu computador cumpre os requisitos mínimos. Esta verificação inclui a sua resolução de ecrã, o navegador, o software de multimédia (Adobe Flash ou HTML 5) e a aceitação da utilização de cookies.

      No momento da realização do teste de avaliação linguística, deverá estar munido de auscultadores ou altifalantes para fazer os exercícios de audição.

      Ao fazer um curso de línguas online, é recomendável que esteja equipado com um microfone para uma ótima utilização do sistema de videoconferência usado durante os MOOCs e as sessões de tutoria (tutoring sessions).

      Para assistir às sessões de tutoria, a instalação do Adobe Flash é obrigatória. Antes de aceder ao curso de línguas, o sistema verifica automaticamente se o Adobe Flash está instalado no seu computador e envia-lhe uma notificação se o seu computador não cumprir este requisito.

      O OLS do Erasmus+ é amplamente compatível com os navegadores, plugins, sistemas operativos e aplicações mais frequentemente utilizados. Foi desenvolvido utilizando códigos normalizados, de forma a assegurar que o OLS do Erasmus+ funciona bem numa grande variedade de ambientes e com diferentes dispositivos, desde o mais recente ao mais antigo e do mais básico ao mais sofisticado.

      O OLS do Erasmus+ é compatível com os principais sistemas operativos e navegadores da Internet:

      • Sistema operativo: Microsoft® Windows® 2000, XP, Vista ou Seven; Mac OS X® 10.1. .
      • Navegador de Internet: Internet Explorer® (versão 7 e superior), Firefox® (versão 3 e superior), Chrome®, Safari®, Android® 4.0 e superior e iOS® 6 e superior.

      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda

Sou uma instituição/organização beneficiária

Aspetos gerais

  1. Como é que posso receber os meus dados de acesso?

      Após a validação do seu projeto pela sua Agência Nacional, deverá receber um e-mail de convite automático com os dados de acesso ao Sistema de Gestão da Licença do OLS do Erasmus+. Quando a sua AN valida o seu projeto, a mesma introduz os seus dados no ErasmusPlusLink, que são depois manualmente incorporados no OLS. É esta última operação que gera um e-mail automático com os seus dados de acesso e o convida a fazer login no seu Sistema de Gestão da Licença do OLS do Erasmus+.

      Sugerimos que verifique se o e-mail foi enviado para a pasta de spam da sua instituição/organização.

      Se não conseguir encontrar este e-mail, deverá simplesmente clicar no link “Esqueceu-se da sua palavra-passe?” para obter uma nova palavra-passe. Poderá também contactar a sua Agência Nacional para confirmar se o seu projeto foi realmente validado.

      Por último, se ainda não tiver recebido o e-mail, deverá certificar-se junto do seu departamento de TI que os endereços de e-mail support@erasmusplusols.eu e no-reply@erasmusplusols.eu estão incluídos na lista de endereços seguros, com vista a garantir que as mensagens chegam corretamente e não são enviadas para o seu junk mail.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  2. Como é que posso alterar o meu endereço de e-mail de contacto?

      O endereço de e-mail de contacto do seu projeto é indicado pela sua Agência Nacional no EramusPlusLink. As alterações a este endereço de e-mail devem ser indicadas pelas Agências Nacionais no ErasmusPlusLink, de onde os dados são depois manualmente transferidos para o OLS.

      Assim, agradecemos que contacte a sua Agência Nacional com este pedido.

      Se desejar fornecer acesso a outros utilizadores na sua instituição/organização, tem a possibilidade de criar os aliases que quiser, depois de modificado o endereço principal. Pode fazê-lo utilizando a função "criar alias" na página de perfil da sua instituição/organização do Sistema de Gestão de Licenças do OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  3. Sou um novo utilizador BEN e, como tal, necessito de um acesso. O que devo fazer?

      1) Pode criar um alias para si, utilizando a função "criar alias" na página de perfil da sua instituição/organização do Sistema de Gestão de Licenças do OLS do Erasmus+. Dá-lhe automaticamente um acesso com o endereço de e-mail que desejar introduzir no sistema. Pode encontrar esta função ao clicar no endereço de e-mail de contacto no topo do seu ecrã, do lado direito, quando estiver ligado no OLS.

      2) Se desejar eliminar a sua conta atual do sistema e substituí-la por um novo endereço de e-mail, terá de solicitar à sua Agência Nacional que introduza estas alterações no ErasmusPlusLink, de onde os dados são manualmente transferidos para o OLS.

      3) Pode contactar a sua Agência Nacional para confirmar se o seu projeto foi realmente validado, uma vez que a validação aciona o seu e-mail de notificação que contém os seus dados de acesso ao OLS do Erasmus+.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda
  4. Não recebi as minhas licenças/Preciso de licenças adicionais. O que devo fazer?

      O número de licenças do curso e do teste de avaliação do OLS para cada projeto de cada concurso é atribuído pelas Agências Nacionais às instituições/organizações beneficiárias.

      Se as suas licenças não aparecerem no sistema do OLS para o seu projeto atual, contacte a sua Agência Nacional para confirmar se introduziram os dados necessários no ErasmusPlusLink. Em caso afirmativo, lembre-se de que a transferência dos dados do ErasmusPlusLink para o OLS pode demorar até 10 dias.

      Se necessitar de licenças adicionais do OLS para o seu projeto de determinado concurso, contacte a sua Agência Nacional com este pedido.


      Esta resposta foi esclarecedora? Sim Não, preciso de ajuda